O Rio Open terá seu próprio prato da Boa Lembrança esse ano. Criada especialmente como recordação do maior torneio de tênis da América do Sul, a peça exclusiva, feita em cerâmica, será lançada no dia 16 de fevereiro, primeiro dia do evento, no restaurante Victoria, que fica Jockey Club, local que sedia o evento

Para guardar esta experiência na memória, o chef Marcones Deus criou o salmão em crosta de quinoa com ceviche de abacate, aspargos e rabanete. Os clientes do restaurante poderão levar a peça pintada à mão para casa por R$ 89, após degustarem o prato idealizado pelo chef.

“Além da novidade do Prato Boa Lembrança, para fechar o evento, no dia da grande final, convidei a chef Beth Beltrão, do Virada’s do Largo, para fazer a quatro mãos um mexidão de frutos do mar com feijão verde e ora-pró-nobis. Será um jantar inesquecível”, afirma o chef Marcones. O prato será servido no jantar da área VIP do evento, Corcovado Club, no dia 24.

Fundada há 25 anos pelo chef italiano Dânio Braga, a Associação dos Restaurantes da Boa Lembrança trouxe para o Rio de Janeiro o hábito de levar uma recordação do restaurante para casa após uma boa refeição. No caso, um prato exclusivo em cerâmica, pintado à mão e com cores vibrantes, que você leva para casa depois de comer em um dos restaurantes associados.

O Rio Open apresentado pela Claro acontece de 16 e 24 de fevereiro de 2019, no Jockey Club Brasileiro, com ingressos à venda no site tudus.com.br/rioopen, com valores a partir de R$30. A expectativa é de que 50 mil pessoas acompanhem os jogos e a programação ao longo do evento.

Share this post on: