Os jovens Cameron Norrie, da Grã-Bretanha, Jaume Munar, da Espanha, e Casper Ruud, da Noruega, estrearam com vitória no Rio Open apresentado pela Claro, nesta terça-feira. O outro garantido na segunda rodada é o experiente português João Sousa. Norrie, de 23 anos, venceu fácil o sérvio Dusan Lajovic, cabeça de chave número 6, por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/1. O próximo adversário do nº 62 do ranking mundial será o espanhol Jaume Munar, de 21 anos, que derrotou o argentino Leonardo Mayer por 7/6 (5) e 6/4. Munar, que disputa o Rio Open pela primeira vez, treina na academia de Rafael Nadal, em Maiorca, e é o atual 66º do mundo. "Passo muitos momentos com Rafa, ele me ensina sobre o circuito, me dá conselhos, é um ponto de apoio para mim", disse o jovem, que também nasceu em Maiorca. Em outro jogo, Ruud, de 20 anos e semifinalista no Rio em 2017, passou pelo argentino Carlos Berlocq, que entrou de última hora na chave após lesão do espanhol Pablo Andujar, por 6/1 e 6/2. O norueguês, 135º, encara na próxima rodada Sousa, de 29 anos. O português, atual 40º do mundo, venceu o argentino Guido Pella, vice-campeão da edição 2016, por 6/4, 3/6 e 6/4.   Resultados: João Sousa (POR) 2 x 1 Guido Pella (ARG) - 6/4, 3/6 e 6/4 Casper Ruud (NOR) 2 x 0 Carlos Berlocq (ARG) - 6/1 e 6/2 Cameron Norrie (GBR) 2 x 0 Dusan Lajovic (SER) - 6/2 e 6/1 Jaume Munar (ESP) 2 x 0 Leonardo Mayer (ARG) - 7/6 (5) e 6/4      
 1
Com o cancelamento das partidas desta segunda-feira, dia 18, por conta da chuva, a programação do Rio Open sofreu alterações. Os jogos desta segunda-feira (18) foram transferidos para terça-feira (19) a partir das 13h (Sessão 1, que terá 3 jogos na Quadra Guga Kuerten) e 19h (Sessão Noite). Os compradores das Sessões 1 e Noite de hoje podem realizar a troca do ingresso para as respectivas sessões desta terça-feira, dia 19, na bilheteria do Jockey, a partir das 10h. É preciso que a troca seja feita pelo titular da compra (nome que consta no ingresso), apresentação do mesmo e documento com foto. Para solicitar a devolução do valor do ingresso, é preciso enviar e-mail para atendimento@tudus.com.br até o dia 26/2 às 23h59, com os dados do pedido. Os ingressos do tipo promocional, cortesia, corporativo ou de gratuidade não são sujeitos a reembolso nem troca.
 9
O segundo dia do Rio Open apresentado pela Claro vai ter em ação os principais favoritos ao título da edição 2019. A super terça do ATP 500, com o austríaco Dominic Thiem, o argentino Diego Schwartzman e os italianos Fabio Fognini e Marco Cechinnato em quadra, vai começar às 13h, no Jockey Club Brasileiro. Os jogos desta segunda-feira foram cancelados devido à chuva que caiu no Rio, e desta maneira  a rodada de terça ficou recheada de boas partidas. Thiem, campeão em 2017, estreia contra o sérvio Laslo Djere, por volta das 19h, na quadra central. Na sequência, Schwartzman, vencedor no ano passado, encara o uruguaio Pablo Cuevas, campeão em 2016. Na quadra 1, Cecchinato, cabeça de chave 3, pega o esloveno Aljaz Bedene, seguido pelo compatriota Fognini, jogador que mais venceu partidas no Rio Open, que enfrentará o canadense Felix Auger-Aliassime. Três partidas foram interrompidas pela chuva nesta segunda. O espanhol Roberto Carballes Baena vencia o chileno Nicolas Jarry por 4 games a 3, e o argentino Federico Delbonis estava à frente do tunisiano Malek Jaziri por 5 a 3. Pela chave de duplas, os brasileiros Thiago Monteiro e Fernando Romboli venciam os britânicos Luke Bambridge e Jonny O'Mara por 6/2 e 1 a 1. Monteiro fará sua estreia nas simples nesta terça contra o português Pedro Sousa, no terceiro jogo da quadra central. Thiem e Schwartzman chegam otimistas para boa campanha em 2019 Será a primeira vez que Thiem enfrentará Djere, 91º do ranking mundial. O oitavo melhor do mundo chegou nesta segunda-feira ao Rio, após conquistar a semifinal em Buenos Aires. "Tenho ótimas recordações do torneio, foi onde conquistei minha segunda vitória sobre um top 10 (em 2016,

Continue Reading

 Like
Doze jovens de projetos sociais apoiados pelo Rio Open apresentado pela Claro disputaram nesta segunda-feira, no Jockey Club Brasileiro, as finais do Torneio Winners. A competição é realizada desde a primeira edição do maior torneio de tênis da América do Sul, em 2014, e, neste ano, reuniu 76 atletas. Os campeões desta sexta edição receberam os troféus das mãos de Diego Schwartzman, atual campeão do ATP 500 e Guido Pella, vice campeão de 2016. Os ingressos para a chave principal do Rio Open podem ser adquiridos em tudus.com.br/rioopen . O Rio Open apoia iniciativas sociais e acredita no poder transformador através do esporte. O Torneio Winners é voltado para as crianças e jovens que frequentam os projetos Instituto Futuro Bom, Tênis na Lagoa, Tênis Solidário, Escolinha de Tênis Fabiano de Paula e Arremessar para o Futuro, parceiros da competição, além do Núcleo Esportivo Rio Open. Seguindo firme no pilar social, os integrantes dessas instituições também ganham ingressos para assistir às partidas do Rio Open, e alguns deles fazem parte da equipe de Ball Kids, os famosos "boleiros". Além da chance de jogar nas quadras do Rio Open, e vivenciar todo o clima de um ATP 500, os jovens podem ter a sorte de receber dicas de grandes nomes do tênis. Foi o que aconteceu com Vitória Almeida, de 14 anos, que após vencer Tamara Silva foi parabenizada pelo ex-tenista Thomaz Koch e teve uma aula para melhorar seu jogo. "Me falaram para eu anotar tudo o que ele passou", disse Vitória, que disputa o Winners desde a primeira edição e, no ano passado, foi escolhida pela organização do Rio Open para ser boleira no ATP Finals, torneio que reúne os oito melhores jogadores da

Continue Reading

 2
  Jogador com mais vitórias conquistadas nas cinco edições do Rio Open apresentado pela Claro, o italiano Fabio Fognini estreia nesta segunda-feira no maior torneio de tênis da América do Sul. Atual 15º do ranking mundial e cabeca de chave 2, Fognini soma 11 vitórias, que lhe valeram um vice-campeonato em 2015 e a semifinal no ano passado. Uma das estrelas da sexta edição, Fognini estreia contra o jovem canadense Felix Auger-Aliassime, às 19h, na quadra central do Jockey Club Brasileiro, e espera usar esse bom retrospecto para lutar pelo título. Os ingressos podem ser adquiridos em tudus.com.br/rioopen com preços a partir de R$ 30. "Estatísticas são apenas números, os jornalistas que gostam disso. Mas me sinto muito bem aqui, o público brasileiro gosta de mim. É um torneio grande, que jogo com muita vontade, então espero usar isso para ter uma boa semana e conquistar um bom resultado", disse o dono de oito títulos na carreira, sendo três deles conquistados no ano passado. O adversário da estreia é o canadense Felix Auger-Aliassime, de 18 anos, um dos jogadores da Next Gen da ATP. Fognini, de 31 anos, e que foi pai há dois anos com a ex-jogadora Flavia Penetta, nunca enfrentou o jovem promissor. "Será um jogo bem duro, ele é um jogador jovem, mas tem qualidade e acredito que será uma grande estrela no futuro". Auger-Aliassime é o 103º do ranking mundial, e um dos maiores prodígios dos últimos anos. Foi o tenista mais jovem a passar um qualificatório e vencer um jogo de torneio nível Challenger. Possui quatro títulos de Challenger, marca similar a nomes como do sérvio Novak Djokovic e do argentino Juan Martin Del Potro. O primeiro dia

Continue Reading

 2
  As últimas quatro vagas na chave principal do Rio Open apresentado pela Claro foram definidas neste domingo, no último dia do qualifying. O brasileiro Rogério Dutra Silva foi derrotado pelo argentino Juan Ignacio Londero por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (2) e 6/2, e ficou de fora. Além de Londero, campeão do ATP de Córdoba há uma semana, os outros tenistas que entraram na chave principal foram o norueguês Casper Ruud, o boliviano Hugo Dellien e o sueco Elias Ymer. Dos classificados, Ruud é quem tem melhores resultados no Rio Open. Ele foi semifinalista na edição de 2017, após receber convite da organização.   RESULTADOS: Juan Ignacio Londero (ARG) 2 x 0 Rogério Dutra Silva (BRA) - 7/6 (5) e 6/2 Casper Ruud (NOR) 2 x 0 Facundo Bagnis (ARG) - 7/5 e 6/4 Hugo Dellien (BOL) 2 x 0 Carlos Berlocq (ARG) - 6/3 e 7/6 (2) Elias Ymer (SUE) 2 x 1 Pedro Martinez (ESP) - 6/4, 1/6 e 6/4 Cameron Norrie (GBR)/João Sousa (POR) 2 x 1 Mateus Alves (BRA)/Thiago Wild (BRA) - 6/4, 6/7 e 10/4
 1
O público que foi acompanhar a última rodada do qualifying do Rio Open, neste domingo, teve a oportunidade de acompanhar um jogo exibição de duplas mistas entre os brasileiros Beatriz Haddad Maia/Marcelo Melo e Teliana Pereira/Bruno Soares. Em jogo descontraído, Bia e Marcelo venceram por 2 sets a 0, com parciais de 4/3 e 4/1. Marcelo e Bruno vão disputar o Rio Open juntos, assim como em 2016, quando alcançaram a semifinal. Os dois têm seus parceiros no circuito. Bruno joga com o britânico Jamie Murray, com quem conquistou os títulos do Aberto da Austrália e do US Open, ambos em 2016, e Marcelo com o polonês Lukasz Kubot, com quem venceu Wimbledon 2017 - seu outro título de Grand Slam, Roland Garros 2015, foi com o croata Ivan Dodig. Animado com o apoio da torcida, Marcelo prometeu uma boa participação da dupla brasileira. "O carinho de todos vocês é sensacional, o Bruno e eu faremos o máximo para buscar o título deste ano", disse.  
 1
O Rio Open apresentado pela Claro, que acontece até 24 de fevereiro, no Jockey Club Brasileiro, promove uma campanha durante todo o evento para ajudar a comunidade da Rocinha, que foi fortemente atingida pelas chuvas da última semana, deixando mais de 40 casas interditadas e vários pontos de deslizamentos. O torneio, em parceria com a Paróquia Nossa Senhora da Boa Viagem, criou o #pontoprarocinha, uma campanha para arrecadar donativos para ajudar a comunidade. Os produtos serão arrecadados na entrada do evento, em uma caixa destinada para as doações. “Já estamos recebendo várias doações para nossa comunidade e qualquer doação é bem-vinda. Mas, como recebemos muitos produtos para adulto, estamos priorizando itens para crianças, roupas, roupas de cama, fraldas, leite em pó, alimentos não perecíveis”, afirma Maria Edileusa Braga, coordenadora da pastoral social da paróquia, antiga Fundação Leão 13. Com ingressos à venda no site tudus.com.br/rioopen, com valores a partir de R$30, o Rio Open tem a expectativa de receber 50 mil pessoas durante os jogos e a programação ao longo do evento.
 1
Em sua sexta edição, o Rio Open cresce em conteúdo, interatividade, entretenimento e tecnologia, valorizando cada vez mais o serviço olímpico denominado Sport Presentation. Seguindo o conceito de Fan Experience, Sport Presentation transforma o evento em uma experiência única e inesquecível. Informar, educar, entreter e engajar o público, os atletas e os patrocinadores por meio de ações criadas dentro de um estudo demográfico dos espectadores, do Rio de Janeiro e do tênis. Em 2019, com o objetivo de inovar no entretenimento e na tecnologia, a IMM em parceria com a SP2 Brazil, traz ações para aproximar cada vez mais o público do evento, fazendo com que cada espectador se sinta uma parte ativa do torneio. As inovações começam na Praça Rio Open, onde tecnologias desenvolvidas em exclusividade para o Rio Open trarão interatividade entre espectadores e máquina. Aplicativos, jogos, câmeras remotas e outras inovações estabelecerão uma comunicação direta entre os participantes, os espectadores do torneio e o próprio telão. Este será uma das estrelas desta edição; ele ganhará vida própria e se comunicará com quem estiver passando na Praça, conversando e projetando ao vivo a dinâmica das ações. As maiores inovações serão o MATCH POINT, um jogo interativo que transforma o torcedor em atleta finalista do Rio Open; o CHALLENGE OPEN, um desafio que contará com a participação do telão externo e poderá dar prêmios incríveis para torcedores corajosos; e o TORCIDÔMETRO, que medirá a torcida de cada tenista, a partir das quartas de final. Já na quadra Guga Kuerten, os atletas e a torcida serão responsáveis por abrilhantar ainda mais o espetáculo. Torcedores participarão ativamente no telão da quadra com inúmeras ações de entretenimento, enquanto atletas participarão em conteúdos

Continue Reading

 3
Rogério Dutra Silva venceu o italiano Matteo Donati, neste sábado, por 2 sets a 1, com parciais de 6/2, 3/6 e 6/1, e está a uma vitória de entrar na chave principal do Rio Open apresentado pela Claro. O adversário deste domingo, com rodada começando às 16h, com entrada gratuita, será o argentino Juan Ignacio Londero. Rogerinho foi o único brasileiro que avançou à segunda rodada do quali. Thomaz Bellucci perdeu do norueguês Casper Ruud por 2 sets a 0, com parcais de 7/6 (3) e 7/6 (6), e os jovens Rafael Matos, Natan Rodrigues e Mateus Alves também não avançaram. Além da última rodada do quali, o público que for ao complexo neste domingo terá a oportunidade de assistir uma exibição de duplas mistas, entre Beatriz Haddad Maia/Marcelo Melo e Teliana Pereira/Bruno Soares, por volta das 18h.   Resultados do qualifying: Rogério Dutra Silva (BRA) 2 x 1 Matteo Donati (ITA) - 6/2, 3/6 e 6/1 Casper Ruud (NOR) 2 x 0 Thomaz Bellucci (BRA) - 7/6 (3) e 7/6 (6) Carlos Berlocq (ARG) 2 x 0 Natan Rodrigues (BRA) - 6/3 e 6/1 Pedro Martinez (ESP) 2 x 1 Mateus Alves (BRA) - 6/4, 3/6 e 7/5 Juan Ignacio Londero (ARG) 2 x 0 Alessandro Giannessi (ITA) - 7/6 (3) e 6/1 Hugo Dellien (BOL) 2 x 1 Rafael Matos (BRA) - 6/4, 1/6 e 6/0 Elias Ymer (SUE) 2 x 1 João Domingues (POR) - 3/6, 7/5 e 6/3 Facundo Bagnis (ARG) 2 x 0 Kimmer Coppejans (BEL) - 6/4 e 7/5 Thiago Wild (BRA)/Mateus Alves (BRA) 2 x 0 Nicholas Monroe (EUA)/Miguel Angel Reyes-Varela (MEX) - 6/3 e 7/5 João Sousa (POR)/Cameron Norrie (GBR) 2 x 0 Guido

Continue Reading

 1