Campeões do Torneio Winners com Diego Schwartzman/Fotojump

Doze jovens de projetos sociais apoiados pelo Rio Open apresentado pela Claro disputaram nesta segunda-feira, no Jockey Club Brasileiro, as finais do Torneio Winners. A competição é realizada desde a primeira edição do maior torneio de tênis da América do Sul, em 2014, e, neste ano, reuniu 76 atletas. Os campeões desta sexta edição receberam os troféus das mãos de Diego Schwartzman, atual campeão do ATP 500 e Guido Pella, vice campeão de 2016.

Os ingressos para a chave principal do Rio Open podem ser adquiridos em tudus.com.br/rioopen .

O Rio Open apoia iniciativas sociais e acredita no poder transformador através do esporte. O Torneio Winners é voltado para as crianças e jovens que frequentam os projetos Instituto Futuro Bom, Tênis na Lagoa, Tênis Solidário, Escolinha de Tênis Fabiano de Paula e Arremessar para o Futuro, parceiros da competição, além do Núcleo Esportivo Rio Open. Seguindo firme no pilar social, os integrantes dessas instituições também ganham ingressos para assistir às partidas do Rio Open, e alguns deles fazem parte da equipe de Ball Kids, os famosos “boleiros”.

Além da chance de jogar nas quadras do Rio Open, e vivenciar todo o clima de um ATP 500, os jovens podem ter a sorte de receber dicas de grandes nomes do tênis. Foi o que aconteceu com Vitória Almeida, de 14 anos, que após vencer Tamara Silva foi parabenizada pelo ex-tenista Thomaz Koch e teve uma aula para melhorar seu jogo. “Me falaram para eu anotar tudo o que ele passou”, disse Vitória, que disputa o Winners desde a primeira edição e, no ano passado, foi escolhida pela organização do Rio Open para ser boleira no ATP Finals, torneio que reúne os oito melhores jogadores da temporada, em Londres.

“Só tenho a agradecer por tudo o que o Rio Open me proporcionou. Jogar aqui, trabalhar no ATP Finals, ver de perto o Federer (suíço Roger Federer), o Zverev (alemão Alexander Zverev), pegando detalhes de como eles jogam. Só experiências incríveis”, contou Vitória, que tem como objetivo entrar no tênis universitário dos Estados Unidos.

A ATP já deu ao Rio Open o prêmio Aces for Charity, que destinou US$ 10 mil aos projetos parceiros. O torneio também já ofereceu a alguns jovens dos projetos premiações como uma semana de treinamento na IMG Academy, na Flórida, e participação na Copa Guga Kuerten, em Florianópolis. Neste ano, o Instituto Futuro Bom foi sorteado com uma bolsa de estudos da Estácio.

 

Resultados:

Categoria 11 e 12 anos masculino

Campeão: Carlos Silva (Tênis na Lagoa) – (6/4)

Vice: Victor Monteiro

 

Categoria 13 e 14 anos masculino

Campeão: Cauã Paulino (Tênis na Lagoa) – (6/3)

Vice: Valter Albuquerque

 

Categoria 15 e 16 anos masculino

Campeão: Fernando Mendonça (Tênis na Lagoa) – (6/3)

Vice: Hélio Machado

 

Categoria 17 a 23 anos masculino

Campeão: Christian Torres (Escolinha de Tênis Fabiano de Paula) – (6/3)

Vice: José Santos

Categoria 10 a 14 anos feminino

Campeã: Thaís Augusto (Arremessar para o Futuro) – (6/4)

Vice: Giovanna Sampaio

 

Categoria 15 a 23 anos feminino

Campeã: Vitória Almeida (Tênis na Lagoa) – (6/3)

Vice: Tamara Silva

 

Share this post on: