A sétima edição do Rio Open apresentado pela Claro, entre 15 e 23 de fevereiro de 2020, no Jockey Club Brasileiro, tem seu primeiro jogador confirmado: o austríaco Dominic Thiem. Número 5 do mundo e vice-campeão de Roland Garros nos últimos dois anos, o tenista de 26 anos participa da competição pela quinta vez seguida.  

Desde o início do evento, em 2014, o Rio Open trouxe jogadores do top 10 do ranking mundial para o público brasileiro. Em 2019, o vencedor foi o sérvio Laslo Djere, em final contra a sensação do ano, o canadense Felix Auger-Aliassime. A última edição recebeu 50 mil espectadores.  

Thiem faturou o Rio Open em 2017 e tem a expressiva marca de 14 troféus na carreira, 10 deles no saibro. O austríaco é considerado o melhor especialista na superfície depois do Rei do Saibro, o espanhol Rafael Nadal, que também venceu o maior torneio da América do Sul em 2014.  

A temporada de 2019 de Thiem tem grandes resultados, com destaque para mais uma decisão em Roland Garros. Na semifinal, o austríaco derrotou Novak Djokovic em um dos melhores jogos do ano. Ele também conquistou seu primeiro título de Masters 1000 na quadra dura de Indian Wells, com vitória sobre Roger Federer na final. Outros troféus em 2019 vieram agora no ATP 500 de Beijing e no primeiro semestre, no ATP 500 de Barcelona e no ATP 250 de Kitzbuhel. Com essas campanhas, Thiem se classificou para o ATP Finals, torneio que reúne os oito melhores da temporada, pela quarta vez consecutiva.

 “Estou vivendo um ano muito importante na minha carreira, mas já pensando em 2020, fico feliz de confirmar o meu retorno ao Rio Open. É um torneio que pode me ajudar na preparação para o meu objetivo, que é ganhar Roland Garros, além de ser um local em que eu me sinto muito confortável. A energia do público brasileiro é sempre especial”, comentou Thiem, treinado pelo chileno Nicolas Massú. 

O line-up completo do Rio Open será revelado em janeiro, após o término das inscrições na ATP. “É sempre muito legal poder garantir um top 5 no nosso torneio, principalmente alguém que é uma referência no saibro como o Thiem. Os brasileiros têm acompanhado de perto a evolução dele e 2020 promete ser uma temporada ainda mais vitoriosa para ele”, afirmou Luiz Carvalho, Diretor do Rio Open. 

Campeões de simples do Rio Open  

2014 – Rafael Nadal (ESP)

2015 – David Ferrer (ESP)

2016 – Pablo Cuevas (URU)

2017 – Dominic Thiem (AUT)

2018 – Diego Schwartzman (ARG)

2019 – Laslo Djere (SER)

Share this post on: