Projetos Sociais

Torneio Winners (confira fotos na página Galeria)

Campeões

Categoria Feminina - Vitória Almeida
Masculino 10 anos - Antônio Vitor
12 anos - Cauã Paulino (sorteado para semana de treinamento na IMG Academy)
14 anos - Julio Cabral
16 anos - Guilherme Quirino
A partir 17 anos - José André


A quarta-feira,15 de fevereiro, marcará o início oficial das atividades do Rio Open apresentado pela Claro, no Jockey Club Brasileiro. Nenhum profissional vai entrar em quadra- a competição oficial acontece entre 20 e 26 de fevereiro-, mas 110 crianças começam a disputar o Torneio Winners, campeonato especial entre meninos e meninas de projetos apoiados pelo próprio Rio Open, e que levará seis crianças para uma semana de treinamento na IMG Academy. Os jogos do Torneio Winners começam na quarta, 15, às 8 horas, nas quadras do Jockey Club Brasileiro, seguem entre os dias 16 e 17 e terminam 20 de fevereiro, com a final às 12h30 seguida de premiação dos campeões.

O programa de incentivo a causas sociais do Rio Open é parceiro de cinco projetos: Instituto Futuro Bom, Tênis na Lagoa, Tênis Solidário, Escolinha de Tênis Fabiano de Paula e Arremessar para o Futuro. 

O Torneio Winners será disputado em cinco categorias masculinas( até 10 anos, 12, 14,16, e de 17 a 23 anos) e uma feminina (até 16 anos), completando com uma clínica para meninas de até 10 anos de idade. O prêmio- uma passagem para os Estados Unidos no segundo semestre de 2017 para uma semana de treinos na IMG Academy com todas as despesas pagas- será distribuído da seguinte maneira: 1 pacote será sorteado entre os campeões das seis categorias e os outros cinco serão preenchidos por tenistas indicados pelo projetos . O complexo multiesportivo é referência mundial e os jovens talentos terão a oportunidade de treinar com Nick Bollettieri, considerado um "mago" do tênis.

As crianças também ganharão ingressos para assistirem às partidas do maior torneio de tênis da América do Sul e alguns deles farão parte da equipe de Pegadores de Bola, os famosos "boleiros"; função tradicionalmente desempenhada por crianças e adolescentes nos maiores torneios de tênis do mundo. Os projetos ainda receberão bolas usadas no Rio Open para utilização nos treinamentos.
Treinamento de pegadores de bolas.

Na quinta-feira, das 14 às 17h00 começa o treinamento dos boleiros que vão trabalhar na competição, já a partir do próximo sábado, no Rio Open Qualifying. A maioria joga tênis em seus projetos de origem e sonha em pegar bola nos jogos das maiores atrações do Rio Open apresentado pela Claro, como o japonês top-5 Kei Nishikori, do 8o do mundo Dominic Thiem, além de ver de perto os brasileiros Thomaz Bellucci, Thiago Monteiro, Bruno Soares, Marcelo Melo, entre outros.

Tênis Solidário

Localizado no bairro de Pilares, na Zona Norte do Rio, o projeto foi idealizado pelo professor de Educação Física Artur Ricardo e existe desde 2011. Cerca de 40 jovens entre 7 e 17 anos de idade, que estudam em escola pública, têm aulas gratuitas de tênis. A quadra — adaptada do futsal para o tênis — fica embaixo do viaduto de Pilares. Além de aprender fundamentos do esporte, a criançada recebe noções básicas de etiqueta, inglês e português. Os jovens atletas recebem também uniformes, material esportivo e lanches de forma gratuita.

Tênis na Lagoa

O Projeto Tênis na Lagoa é uma iniciativa particular do professor Alexandre Borges e existe desde 2003, tendo atendido até hoje mais de 2500 crianças. A cada ano, 150 crianças entre 5 e 17 anos de comunidades como Cruzada São Sebastião, Vidigal, Rocinha, Parque da Cidade, Pavão-Pavãozinho, Cantagalo, Tabajaras e Rio das Pedras participam das aulas que acontecem nas quadras públicas localizadas às margens da Lagoa Rodrigo de Freitas, na Zona Sul. Aqueles que se destacam no projeto fazem parte de uma equipe de competição que viaja por todo o país. Muito além de forehands e backhands, o objetivo do Projeto Tênis na Lagoa é promover o desenvolvimento humano, a inclusão social e a integração e educação de jovens e suas famílias por meio da prática do tênis, promovendo melhoria da qualidade de vida. 

Instituto Futuro Bom

O Instituto Futuro Bom atenderá 260 crianças no ano de 2017 através dos projetos Tênis na Escola, Tênis para Todos e Dentro e Fora da Quadra, que utilizam o tênis para retirar o melhor de cada um, tendo a educação sempre como prioridade. Seguem o mesmo modelo 
universitário americano, onde cada criança é acompanhada de perto em relação ao seu rendimento escolar, participação nos treinos e cursos do instituto, para a sua permanência nos projetos. 

Escolinha de Tênis Fabiano de Paula

O projeto de iniciação esportiva, fruto da parceria entre a Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude (Seelje) com o atleta brasileiro Fabiano de Paula, foi inaugurado em fevereiro de 2015 e funciona na quadra de saibro localizada na Rocinha, em São Conrado, na Zona Sul do Rio. Atualmente, a escolinha conta com cerca de 200 alunos que praticam o tênis diariamente. Fabiano, que é morador da Rocinha, inaugurou a quadra em novembro de 2012 junto com o sérvio Novak Djokovic, atual número 2 do mundo do tênis. Ela é destinada para crianças e adolescentes carentes da comunidade entre 5 e 17 anos e os meninos e meninas de destaque ganham oportunidades de treinamento na academia Tennis Route, no Recreio dos Bandeirantes, também no Rio de Janeiro. 

Arremessar Para o Futuro

O Projeto Arremessar para o Futuro ajuda hoje 26 crianças e jovens da comunidade do Terreirão (Recreio), Curicica e Jacarepaguá. O objetivo do Arremessar é transformar o cidadão através do esporte e da educação, dando a ele a chance de treinar, de conquistar pontos no ranking brasileiro e se aperfeiçoar para uma futura bolsa de estudos em uma universidade fora do país.

O Arremessar conta hoje com o apoio do Instituto Kinder do Brasil e de uma etapa do Campeonato Brasileiro Infanto Juvenil realizado nas quadras da Escola de Tênis NTC (Núcleo de Tênis City) no Recreio dos Bandeirantes, que geram recursos para as bolsas.